Frango Tikka Masala na slow cooker

domingo, 9 de julho de 2017

Esta receita me chamou a atenção por ser de uma culinária que eu adoro, a indiana, e por ser muito simples de fazer. Sério: um molho que se mistura facinho em uma tigela, combinado com frango cru, tudo dentro de uma panela que não precisa ser vigiada é um prato bem fácil, né não?

Li as avaliações da receita - de um modo geral, um sucesso estrondoso - e resolvi segui-la bem direitinho. Assim que terminou o tempo de cozimento e eu provei o molho, quase infartei. Era péssimo. Totalmente desequilibrado - muito picante e ácido.

Como o coração aos pulos, fui tentando corrigir a acidez com sal e calda de agave adicionados aos pouquinho. Acrescentava, mexia, provava - até que chegou a um ponto de eu considerei bom. Daí, desfiei o frango, misturei ao molho e acrescentei o creme de leite com amido de milho. A magia se completou e ficou MUITO BOM. E, sabe do que mais? No dia seguinte, depois que os sabores assentaram, o prato ficou ÓTIMO.

Se eu fosse você e tivesse uma panela elétrica de cozimento lento, eu provava, viu.

Slow cooker chicken tikka masala
Receita minimamente adaptada daqui

Ingredientes:

1 kg de filé de peito de frango desossado cortado em cubos médios*
1/2 cebola grande picadinha
4 dentes de alho picadinhos
1 pedaço de gengibre fresco do tamanho de um polegar de adulto, ralado
2 latas de tomate pelado em cubos
1 1/2 xícaras de iogurte natural integral não adoçado
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de suco de limão*
2 colheres (sopa) de garam masala
1 colher (sopa) de cominho moído
1/2 colher (sopa) de páprica doce (usei defumada)
2 colheres (chá) de sal, ou a gosto
3/4 de colher (chá) de canela em pó
3/4 de colher (chá) de pimenta do reino moída na hora
1 a 3 colheres (chá) de pimenta caiena (usei 1)
2 folhas de louro
3/4 a 1 xícara de creme de leite fresco
1/2 colher (sopa) de amido de milho
* se necessário, açúcar ou calda de agave para corrigir a acidez do molho

Modo de preparo:

Em uma tigela grande, junte a cebola, o alho, o gengibre, o tomate pelado, o iogurte, o azeite de oliva, o garam masala, o cominho, a páprica, a canela, as pimentas e o sal. Bata até obter um purê. Prove e verifique se precisa de mais acidez. Se achar que sim, acrescente 1 a 2 colheres (sopa) de suco de limão.

Adicione metade desse molho na slow cooker, distribua por cima o frango em cubos e cubra tudo com o restante do molho. Adicione as duas folhas de louro, tampe e programe para cozinhar por 7-8 horas em temperatura baixa. Está bom quando o frango estiver macio e bem cozido.

Ainda com a panela ligada, misture o amido de milho com um pouquinho de creme de leite até dissolver. Complete com o restante do creme e adicione à panela, mexendo delicadamente até incorporar. Prove e retifique algum tempero, se necessário. Deixe por mais 20 minutos para apurar.

Sirva salpicado de coentro picado e com arroz branco.

Observações finais:

* Como coloquei os pedaços de peito de frango inteiros e congelados dentro da panela, eles soltaram muito líquido, o que explica esse visual meio aguado na foto. Da próxima vez que eu preparar, vou deixar o frango descongelar antes.

* Da próxima vez, vou deixar o molho ainda mais fácil batendo tudo no liquidificador.

* Acrescente o suco de limão se julgar necessário. Pode ser que o tomate esteja ácido e não precise de um azedinho adicional.

* Se pensar em servi-lo para crianças, pode ser o caso de tirar a páprica, a pimenta caiena e um pouco da pimenta do reino.

* O frango da lista de ingredientes é em cubos e o da foto é desfiado. Está certo isso, Arnaldo? Eu explico. A receita original é com frango em cubos médios. Precisei desfiar porque estou com um problema odontológico que dificulta a mastigação. Assim, tenho dado preferência a preparos moídos e desfiados. Se quiser, desfie também. Mas a receita original é com frango em cubos, tá.

* Já participou da pesquisa de opinião? É bem rapidinho - em menos de 5 minutos, você termina. E ainda pode concorrer a um kit com dois livros do Gordon Ramsay! *Update: pesquisa encerrada! Obrigada por sua colaboração!

Nenhum comentário:

Printfriendly